Engenheiro Coelho sedia encontro do Conselho de Desenvolvimento da RMC

Escrito por Jose Eduardo Lopes | ABJ Notícias em 24 de março de 2017

O Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus, Engenheiro Coelho, sediou a 182ª Reunião dos Membros do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC) na última terça-feira, 21. O evento reuniu representantes dos 20 municípios que fazem parte da região. Representantes do Estado também marcaram presença para discutir e apresentar projetos que visam à melhoria da metrópole. Os projetos em discussão são colocados em prática pela Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp), e tem o propósito de elevar a qualidade da região para sua população, além de gerar progresso através do trabalho conjunto entre as cidades. “Através dessa integração se discute os problemas e se faz propostas de projetos. Todos esses projetos têm retorno à população”, conclui Ester Viana, diretora executiva da Agemcamp e secretária executiva do Conselho.

Por ocorrer em março, mês de comemoração do dia internacional da mulher, foram apresentados Projetos Metropolitanos de Defesa dos Direitos da Mulher. É uma tendência que algumas cidades adotam para a interação dos esforços da segurança pública relacionados ao resguardo da integridade física e moral da mulher. Os municípios de Campinas, Monte Mor e Santa Bárbara D’Oeste são referências e já realizam esses projetos. O programa Monte Morense, que será votado na próxima segunda-feira, 27, veio em forma de lei para que fosse perpetuado no município e instituído em parcerias com o Ministério Público, Secretaria de Saúde e Secretaria de Assistência Social. O programa fomenta, através de serviços sociais, a realização de atividades reflexivas, educativas e pedagógicas voltadas ao tratamento do agressor.

O evento também contou com a presença da única representante feminina da câmara de Santa Bárbara D’Oeste, a vereadora Germina Dottori (PV). Ela  expôs a necessidade de ações que previnam novas agressões. O projeto “Guarda Municipal Amigo da Mulher”, realizado na cidade de Campinas, divulga o direito da mulher a uma vida sem qualquer tipo de violência. Na cidade da vereadora, o projeto de lei “Anjo da Guarda da Mulher” tem o mesmo intuito. A Guarda Municipal tem o papel de proteger e acolher as vítimas de qualquer ameaça. “A lei Maria da Penha é ótima, porém necessita-se de mais”, propõe Germina. O projeto realizará estudos para a melhora e a criação de políticas públicas de segurança que busquem prevenir e combater a violência contra as mulheres. A vereadora ressaltou também a necessidade de um tratamento humanizado direcionado às vítimas.

A palavra foi aberta também para o Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Laércio Benko. Ele destacou o poder turístico da região e apresentou o projeto “Municípios de Interesse Turístico”. Os 140 municípios que apresentarem uma série de condições elevadas de potencial turístico receberão ajuda do Fundo de Melhoria dos Municípios, ou seja, a cada 3 cidades, 1 receberá recursos para o desenvolvimento do turismo. As três melhores avaliadas pela Secretaria de Turismo se tornarão Estância Turística. O Secretário assegura que isso vai gerar uma competição sadia e constante para todo o Estado de São Paulo, pois incentivará o turismo e a geração de empregos. “O desenvolvimento do turismo é a forma de criar oportunidades de trabalho e distribuir renda no século XXI. Não há como imaginar o aumento do faturamento sem aumentar o número de empregados”, finaliza Laércio.

Jose Eduardo Lopes
ABJ Notícias

Para outras informações, acesse o site abjnoticias.com.br


Todas as notícias

comentários