Final da Liga Metropolitana de Basquete acontece nessa terça-feira no Unasp

Escrito por Letícia Trindade em 14 de novembro de 2016

 

 

Nessa terça-feira, 15, o time de basquete Wolves, do Unasp, campus Engenheiro Coelho, disputará o ouro nas finais SUB 18 com o time da cidade de Paulínia, no campeonato da Liga Metropolitana de Campinas (LMB). O evento será no Ginásio Poliesportivo da instituição e terá início às 9h da manhã, com a competição entre os times de Bragança e IAPE. Na sequência, às 10h30, haverá então o jogo final entre Wolves e Paulínia. O jogo também será transmitido pela Unasp FM 91,3.

O Unasp-EC joga pela categoria SUB 18, desde o ano passado, quando conquistaram o terceiro lugar. Em 2015, era SUB 17 e tinham mais times participando da competição, devido à situação econômica do país, esse ano foram apenas sete equipes participantes. Dentre estas, as quatro melhores colocadas disputam na série de ouro. O Wolve ganhou as duas primeiras rodadas e segue com grande chance de conquistar o primeiro lugar do pódio. Os outros três times disputam entre si a série prata.

Para Gustavo Merkler, jogador do time desde 2014, chegar na final é uma grande conquista. “Ano passado já tivemos um bom desempenho. Esse ano foi ainda melhor e é gratificante ter a oportunidade de estar competindo pelo ouro, ainda mais jogando em casa. Claro que tem uma pressão ainda maior, mas ter o apoio da torcida é ótimo”, comenta o estudante.

Apesar de existir há algum tempo, o time de basquete ganhou força e visibilidade há três anos, quando o empresário Sidney Dutra Jr. decidiu apoiar o projeto, implantando novas ideias com o apoio da diretoria do campus e os pais dos jogadores. Sobre jogar na final, Dutra diz que está muito feliz e agradecido, porque vem trabalhando intensamente para isso. Ele comenta que sempre acreditou que o esporte pode ser muito bem aproveitado, se bem dirigido e bem coordenado. “O resultado de estar numa final e defini-la em casa, é fruto disso, desse trabalho feito com seriedade, junto aos atletas”, declara.

Ele ainda diz que o projeto tem outros objetivos além do esporte em si. “Não é o esporte pelo esporte, é o esporte pelo testemunho e pela superação. Eu tenho jovens de diversas classes sociais, com diferentes realidades familiares, e quando eles entram em quadra, vejo a maturidade deles em superar isso e ter um bom desempenho”, relata o empresário.

Para participar da final basta levar um 1kg de alimento não perecível. A doação será destinada ao Multirão de Natal, realizado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em parceria com o Unasp-EC.


Todas as notícias

comentários