Programa do Jô recebe alunos do Unasp

Escrito por Isadora Stentzler em 17 de maio de 2012

Os alunos de Comunicação Social do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus de Engenheiro Coelho, participaram de três gravações do programa Jô Soares nesta terça-feira, 15 de maio. Os 39 alunos do primeiro e segundo ano de Jornalismo fizeram plateia com outras três instituições de ensino, e o primeiro programa já foi ao ar no mesmo dia. Os outros dois serão exibidos nas próximas semanas.

As gravações feitas nos estúdios da TV Globo São Paulo, iniciaram às 17h com Edson e Hudson no musical do Jô e encerraram às 20h30, sem intervalo.  A participação foi agendada pelo professor do curso Walter Mendes e serviu como um passeio para os estudantes.

No estúdio, no entanto, quem chamou a atenção da plateia antes da gravação foi o funcionário da produção “Seu Madruga”. Waldir de Melo Cruz, que trabalha com comunicação há aproximadamente 30 anos, está nos bastidores do Jô cerca de 7, segundo um dos colegas de trabalho. O que destaca-se nele, além da semelhança com o personagem da série “A turma do Chaves”, é a simpatia com que trata os visitantes.

“Eu tenho o dom de ficar aqui nos bastidores”, diz Cruz. O Seu madruga da produção que aconselha os jovens da plateia, conta que sente falta de ficar com a família e por isso se emociona ao ver os jovens no programa. “Eu sempre aconselho meus filhos que se eles querem trabalhar na televisão, que seja para ficar na frente, e não nos bastidores”, desabafa.

As horas de trabalho e o salário que ele diz "não ser grande coisa", fazem o pai de cinco filhos não ter muito tempo para a família. O estudante Wagner Santos, que conversou com Cruz, ouviu do funcionário que é preciso aproveitar as oportunidades como a visita ao Jô, e que, como estudantes de comunicação, eles precisam estar preparados para ouvir mais do que falar. Santos gostou do conselho. A seguir, Seu madruga, secando as lágrimas, despediu-se com pressa para cuidar de uma das câmeras superiores.

As entrevistas para os três programas gravados, contaram com a presença da atriz Thalita Carauta, a Janete, do humorístico Zorra Total; Patrícia Faria Feliciano, primeira motorista de ônibus interestadual do Amazonas; a cantora Roberta Sá; as protagonistas e o diretor do filme Paraísos Artificiais, Nathália Dill, Lívia de Bueno e Marcos Prado; o filho do cartunista Henfil, Ivan de Souza; o cineasta Neville Almeida, e a dupla sertaneja Edson e Hudson.

Para a estudante Anne Seixas, a visita foi muito produtiva já que ela pode ver os bastidores de como o programa de entrevista funciona. “Deu pra ver bem a prática do trabalho. Valeu muito a pena ter ido! Acho que enriquece o conhecimento da sala de aula”, pontuou.

Na volta os alunos ainda encontraram no quilômetro 28 da Rodovia dos Bandeirantes os cantores Edson e Hudson e tiraram fotos com os sertanejos.  



Todas as notícias

comentários